Política de Qualidade

Missão

Apostar no desenvolvimento das competências técnicas dos formandos conjugando uma sólida formação teórica com uma prática enriquecedora de Formação em Contexto de Trabalho.

Envolver a comunidade empresarial na vida da escola, levando a que a usem como local de recrutamento de mão de obra reconhecidamente qualificada.

Visão

A EPVC elege a formação de dupla certificação, escolar e profissional, como a via privilegiada para a construção de projetos de vida positivos e duradouros que respondam às necessidades de recursos humanos do tecido socioeconómico regional e local, preparando jovens para um exercício profissional qualificado sem descurar a possibilidade de prosseguimento de estudos, conciliando, deste modo, as necessidades mais imediatas das empresas com os legítimos anseios e ideais dos jovens em formação.

Valores

– Formar e qualificar jovens quadros intermédios, com perfis e competências profissionais ajustados ao tecido social e empresarial da região;

– Diversificar a oferta formativa, não saturando o mercado, procurando corresponder às necessidades dos empresários e às expectativas dos jovens;

– Estabelecer parcerias com o tecido empresarial e social e com outras organizações nacionais e transnacionais;

– Cumprir toda a legislação e normas aplicáveis na procura da qualidade e excelência dos serviços prestados;

– Promover a satisfação dos colaboradores, formandos, familiares, empresas, instituições e comunidade envolvente;

– Investir em equipamentos e recursos humanos num esforço contínuo de adaptação às mudanças tecnológicas;

– Promover a formação contínua de todos os colaboradores;

– Promover a comunicação interna e disponibilizar toda a informação relevante para os diferentes serviços e departamentos;

– Planear e desenvolver todo o sistema de gestão da qualidade tendo por base a procura da melhoria contínua.

A maior eficácia que se espera na organização do trabalho permitirá à escola controlar e utilizar de forma mais eficaz os seus recursos, nomeadamente através de melhorias nas seguintes áreas:

Monitorização dos processos;

Monitorização dos indicadores EQAVET;

Clarificação de objetivos, responsabilidades e funções;

Comunicação interna e externa;

Definição de ações que permitam a melhoria contínua do sistema;

Gestão e utilização de recursos materiais e humanos.